6º BTT L'Carril Mourisco

 

 

O "Carril Mourisco", via Romana no nordeste transmontano, possui um importante interesse patrimonial, quer do ponto de vista arqueológico, quer do ponto de vista histórico, etnográfico e ambiental, integrando-se a maior parte dentro da área protegida do Parque Natural do Douro Internacional.

 

Esta antiga via apresenta-se com um perfil rectilíneo, permitindo a travessia longitudinal do Planalto Mirandês. Marca a paisagem de forma notória e teve uma utilização quase constante até meados do séc. XX. Na área do planalto não apresenta qualquer lajeamento, uma vez que este não seria necessário a nível funcional.

 

O "Carril Mourisco" articula-se com um significativo número de topónimos de manifesto interesse arqueológico e a distribuição do povoamento romano surge em articulação evidente com este eixo viário estruturante. Não se conhecem marcos miliários que tenham sido recolhidos nas suas imediações, mas a via é referida documentalmente desde o séc. XII, surgindo num diploma de D. Afonso Henriques datado de 1172, já com a designação de "Carril Mourisco", conforme documento existente na Torre do Tombo (Chancelaria de D. Afonso II. Doações, Livro 2, fl. 15vº), que é citado por Leite de Vasconcellos nos seus "Estudos de Filologia Mirandesa".

 

A antiguidade desta via e o seu valor etnográfico é ainda atestada por um variado número de fontes de mergulho, poços, pequenas fontes em pedra, estruturas de apoio viário, como bebedouros e pias para animais. existe ainda ao longo do traçado um grande número de cruzes e cruzeiros destinados a sacralizar os cruzamentos.

 

Fonte: IGESPAR

Apoios